Wannabe - a wannabe (sometimes spelled wannabee) is a person who wishes to be (or to imitate) something, a "would-be".
Iconoclast - literally, a breaker or destoyer of images. Also has come to mean one who attacks cherished beliefs, traditional institutions, etc., as being based on error or superstition.

domingo, abril 25, 2010

Quiz fun

Um amigo me recomendou um quiz divertido sobre automóveis. Fiz um score de 86%. Se alguém se animar, coloquem nos comentários a pontuação de vocês. Não vale usar a Wikipedia ou similares!

AND PASSED WITH AN ABOVE AVERAGE SCORE. B
Quiz Created By Auto Insurance

segunda-feira, abril 05, 2010

Uma nova chance pro Nissan Sentra

Talvez os publicitários brasileiros devessem se inspirar nesse vídeo pra acabar com a imagem de "tiozão" que eles incutiram no Sentra.



Depois dessa propaganda, eu até não me importaria de andar em um.

terça-feira, março 30, 2010

Vamos colocar a democracia de lado pra "salvar o planeta"

É o que James Lovelock, criador da "brilhante" hipótese Gaia, sugere.

Segundo ele, nós humanos somos "muito estúpidos para evitar que a mudança climática tenha impactos radicais nas próximas décadas". A solução? "Um mundo mais autoritário". Aparentemente, a democracia está atrapalhando o trabalho dos eco-chatos e eco-fanáticos, e por isso deveríamos concentrar o poder nas mãos de um grupo restrito, que tenha poderes de decisão comparáveis aos de um Comandante Supremo em tempos de guerra. WHAT COULD POSSIBLY GO WRONG???

A hipótese Gaia, pra quem não sabe, é uma "teoria" cujo principal dogma (digo dogma porque não considero isso uma teoria científica, mas sim uma religião) consiste na idéia de que a Terra é um organismo vivo que se mantém sempre em equilíbrio, e que as ações dos seres humanos estão desequilibrando-o e lentamente levando-o à inevitável morte. Sim, morte. As in ending up in a coffin. Muito bonitinho em livros e video-games, mas não como uma desculpa pra voltarmos às formas de governo do século XVIII. Se essa hipótese já me cheirava mal antes, esses novos delírios ditatoriais do seu criador terminaram de descreditá-la por completo.

Obrigado pela sugestão Sr. Lovelock, mas prefiro ficar com minha democracia por enquanto!

"Any society that would give up a little liberty to gain a little security will deserve neither and lose both." -- Benjamin Franklin

domingo, março 14, 2010

Viva o novo fail

Alguém mais notou algo muito familiar na "nova frente" do "novo Ecosport"?

Pra quem um dia se auto-proclamou a "nova onda" do design, a Ford certamente vem decaindo nos últimos anos.

sexta-feira, novembro 09, 2007

Melhor vídeo de todos os tempos

Tudo bem, o título é um pouco pretencioso. E eu admito, dificilmente vai mudar a sua vida. Não mudou a minha também. Mas, como todo amante de automóveis, eu sempre quis saber exatamente o que acontece dentro de um motor a combustão. E não há nada melhor do que imagens para isso. Especialmente se são imagens em movimento, capturadas por uma câmera de alta velocidade filmando 1000 quadros por segundo.


Eu sempre imaginei o que estaria no fundo da minha tara por motores e carros em geral, e agora desconfio que parte dela venha da "magia" necessária para fazer um carro andar (e principalmente, pra andar rápido). Porque pensem bem, a criação de um elevadorzinho que sobe e desce incessantemente, agüenta kilos de pressão, Gs de aceleração e desaceleração, e sobrevive ao calor de centenas de micro-explosões por minuto é uma obra-prima e tanto da engenharia.

Se o futuro realmente é dos carros elétricos, eu prevejo que serei um cara bastante nostálgico. Afinal, pouquíssimas coisas se igualam ao som de um bom motor rodando no limite, ou ao cheiro de gasolina num posto.

domingo, maio 06, 2007

Acabou (e faz tempo)

Já faz quase duas semanas que estou de volta ao Brasil, e ainda não tinha escrito nada a respeito aqui no blog. Então, para dar um "closure" apropriado, venho escrever este post que provavelmente será o último lidando com assuntos da viagem. Como eu estou meio sem paciência pra desenvolver em detalhes tudo o que aconteceu desde o meu último dia de trabalho (5 de abril) até a volta para o Brasil (23 de abril), destaco a seguir os pontos principais da epopéia:
  • O Diego, que terminou de trabalhar no mesmo dia que eu, comprou um detector de radar;
  • Fizemos Wesley Chapel - Miami em quatro horas (de avião leva uma);
  • Deixamos (eu e o Diego) um pessoal que ia fazer um cruzeiro até a Jamaica no porto de Miami;
  • Andamos pela cidade e fomos até as praias de South Beach e Miami Beach, passando pelas avenidas mais congestionadas que eu vi nos EUA;
  • Encontramos um hotel "barato" perto da praia, onde dormimos de sábado pra domingo;
  • No domingo fomos até o Bayside Marketplace, de onde saímos para um passeio de powerboat;
  • Fomos até Fort Lauderdale e encontramos umas amigas do Diego;
  • De Fort Lauderdale, partimos para Key West lá pelas duas da manhã;
  • Chegamos em Key West lá pelas 7 da manhã, vimos o nascer do Sol nas famosas pontes;
  • Me queimei no sol de Key West, voltamos pra Fort Lauderdale com o ar-condicionado no máximo;
  • Fizemos Ft. Lauderdale - Wesley Chapel em três horas e meia (não nos culpe, eu tinha que pegar um vôo às 6 da manhã e já era mais de meia-noite quando saímos de lá);
  • Consegui pegar o vôo pra Salt Lake City, onde encontrei o Carlos (meu primo pros perdidos);
  • Com ele e a Adriana fui até Las Vegas, Hoover Dam, Grand Canyon e Zion Canyon, no que foi a melhor viagem que eu fiz nos EUA (obrigado Kiko e Adriana :) );
  • Na volta pra SLC andei de snowboard, realizando um velho sonho de infância;
  • De SLC fui pra San Francisco;
  • Vi um monte de gays;
  • Andei nos cable-cars e aproveitei o máximo possível o transporte público, só de raiva de Wesley Chapel;
  • Fui pra alguns museus e galerias de arte, saí de lá odiando arte moderna ainda mais do que já odiava;
  • Fiz um passeio de barco que passava por baixo da Golden Gate;
  • Vi a Rua Mais Torta (?) do Mundo;
  • Fiquei doente;
  • Fui pra Alcatraz meio-doente;
  • Voltei pro hotel e tomei uma facada do serviço de quarto, pelo menos a comida estava bem boa;
  • Voltei pro Brasil em uma viagem de quase 30 horas;
  • Não encontrei nenhuma americana pra casar comigo e me dar um visto permanente :(
Bom, acho que dá pra perceber porque eu não quis desenvolver tudo isso. Vou ver se pelo menos coloco umas fotos na Internet desse período, que são as mais legais de toda a viagem pros EUA. Ufa, acho que isso conclui a epopéia dos Estados Unidos. Finalmente posso voltar a escrever baboseiras pseudo-intelectuais aqui.

...

Pessoal? Alguém? Oláaa?

*Grilos*

quinta-feira, março 15, 2007

Algumas novidades

Só pra não ficar mais um mês sem escrever nada aqui, aí vai mais um post pros ansiosos por notícias. No início do mês houve algumas realocações de moradores nos apartamentos, e como o nosso tinha duas vagas livres, era pra vir um chileno bagunceiro morar com a gente. Felizmente o chileno preferiu ir morar com outros chilenos bagunceiros, e quem acabou vindo morar conosco foram o Gabriel e a Flávia, que são de São Paulo, e o Yuri, também de São Paulo mas que já terminou o período de trabalho e voltará pro Brasil em breve.

Sexta-feira passada fui de carona prum outlet com um pessoal que tinha alugado um carro e finalmente encontrei um tênis que cumpria minhas exigências estéticas (duvidosas sob o ponto de vista de outras pessoas) e financeiras. Feliz com a minha compra, voltei pra casa e no dia seguinte chegaram as minhas camisetas compradas no T-Shirt Hell. Ou seja, já comprei quase tudo que queria no quesito vestiário. Na segunda-feira chegou aqui uma amiga do Yuri, que estava trabalhando numa farmácia em Sebring. Parece que é uma cidadezinha ainda mais anal-mundana do que Wesley Chapel, e cuja população composta quase totalmente por idosos não contribui para mudar essa condição. Como ela veio de carro, acabou nos levando pra dar um "passeio" no Walmart, onde eu comprei mais um DVD por 5 dólares pra minha coleção e o abridor de latas mais genial que eu já vi na minha vida.

Ontem, pra variar um pouco a rotina, um cara que trabalha no resort me levou pra conhecer a cena noturna dos gearheads de Wesley Chapel. Toda quarta-feira o pessoal que curte carros se encontra no Publix (supermercado pertinho daqui) e fica de bobeira com seus carrões, ou sai pra fazer algo ilícito com eles. Foi legal, deu pra ver vários carros interessantes (várias aberrações de tuning também), mas infelizmente a ação de verdade (parece que até drifting eles fazem no estacionamento) ficou restrita a algumas aceleradinhas tímidas, porque a maldita polícia descobriu o ponto de encontro do pessoal.

Pra piorar ainda mais a freqüência com que eu mando notícias pra vocês, uma das redes que a gente usa pra acessar a Internet aqui passou a ser protegida por senha, o que significa que agora só temos uma opção, e freqüentemente ela está fora do ar. Bom, pelo menos já tá quase acabando, e em breve vou poder dar as notícias ao vivo.